quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Agosto

Dizem, pra quem mora por essas bandas, que Agosto é o mês do cachorro louco!
O frio é mais intenso, as frentes frias entram toda semana, a humidade sobe os tijolos das casas, as ruas tornam-se campos de ralí.. os banhos tornam-se mais difíceis de serem tomados.. acordar de manhã então, nem se fala..
Mas, 2010, pareçeu ser diferente! Derrepente porque o dilúvio foi bem em Julho, durante as férias.. não sei.. tivemos manhãs frias..



mas o certo foi que tivemos um mês amêno.. prova disso foi que queimamos apenas 6 sacos de lenha na lareira..

E, de certa forma, foi possível andar de bike pelo Cassino..
Foi niver da Dani também, então, motivo de ir comer a pizza que ainda não existe em SP.. não existe mesmo! Repare o detalhe dela, na esquerda da foto abaixo! Não precisa falar mais nada!


Velejar não foi o forte do mês.. a agenda impossibilitou de usarmos uns fds para esse fim..
E, só depois do dia 20, conseguimos molhar o casco!
Foi estréia da vela "nova" também! Desde Junho não tinhamos colocado ela pra velejar!

Daí, aprovada, foi vez de chamarmos o Lost para um passeio! Outro dia de Sol em Agosto!
A esteira do barquinho é interessante! Mas, olhar muito para trás é sinal de saudade de casa!
Houve regata também.. mas não fomos participar por falta de tamanho..
O clima é favorável para conversas na sala de estar do veleiro, rs.

E o mês, quase acabando, não foi tão louco assim.. 

domingo, 8 de agosto de 2010

Julho

Julho começa com algum frio aqui em Rio Grande e nós, desempregados que somos, aproveitamos as 3 semanas de férias da faculdade para ir viajar para São Paulo. Por aqui ficam os cães em mais uma invernada com os sogros!
Antes de subir, uma preparação básica; Ida ao Chui para torrar dólares e comprar nos free-shops e, claro, visita ao Mauro!
Concluídas essas etapas e, com a frustração da Seleção que não passou das quartas, partimos para 2 dias de estradas em 4 estados.. Tranquilo, no 1º dia começa-se com a balsa do Sol nascente; 7 da manhã:
Lá por Itapema, km150 da BR101, em SC, é hora do descanso.. já são 800km percorridos em estradas em duplicação e que ganham o nome de "estrada do inferno", por exemplo. No dia seguinte uma pernada rápida de 600km e já estamos, umas 16:00hrs em São Paulo.


São Paulo é São Paulo mesmo(!) até nas férias.. a primeira coisa que fazemos é garantir aos cães paulistanos um pouco de diversão na USP:
Assim, para continuar um roteiro light e divertido aos bípedes, vamos ao parque vila lobos, curtir um pouco de sossego e paz:
Algum dias depois, uma ida rápida ao pet shop.. junto com alguns apressadinhos:
Pronto, 2 dias de estrada e mais 4 dias gastos em SP.. é hora de fugir do roteiro! Resolvemos então uma visita a Rio Grande, digo, Avaré.. que parecia-se com Rio Grande.. pelo frio e chuva.. mas, valeu também pois fomos com a Manoella, prima querida!
De volta a estrada, uma paradinha na Real.. padaria nota 10 de Sorocity.. junto, outra pessoa com pressa também compra pães!
Mas não há muito tempo livre no nosso roterio e, no mesmo dia, mais estrada..
O mês foi favorável em São Paulo, com sol e calor.. por isso, resolvemos levar os cães para mais passeios na USP e, visitas a restaurantes ainda inexistentes em Rio Grande, como um bom japonês;
É de encher os beiços! E, satisfeitos e, descansados por alguns dias, mais um pouco de estrada; 400km até Angra, para encontrar com o Migatã e seu Cmte! Desde o momento da chegada, já zarpamos rumo a I. Grande.
Longe da costa, os peixes fazem a festa limpando o casco do veleiro:
E, algumas pedras do fundo parecem voar, como tartarugas do mar..
A oceanóloga passeia em seu ambiente de trabalho..
E regressamos ao ponto de origem, ajudados por vento de popa e, asa de pombo:
Pronto, rapidamente voltamos para São Paulo para começarmos a recolher os pertences para voltar para a cidade de Rio Grande.. Aproveitamos os últimos dias para ir em outro restaurante espetacular de São Paulo, o Chi fu, na Liberdade.. dessa vez conseguimos até levar o Pê:
Nesse dia era festa na Liberdade.. e tava tudo cheio, muito cheio:
Mas tudo bem, a cidade tem trânsito e muvuca até em período de férias.. vai entendê!


Assim, mais uns momentos em família e, carro no rumo Sul.. é hora de voltar..


O nosso tubarão devorando mais 1400km de volta.. foram 4mil em 1mês:
Acabou-se as férias.. sem mais tempo para visitar todos que mereciam ter sido visitados.. é a falta de tempo que os paulistanos estão acostumados a ter.. nem reclamamos mais!


Cruza-se a mesma Lagoa pelo mesma balsa do caminho da ida; agora em Sol poente:


E voltam as aulas.